Category: Ir e fazer

Recentemente, foi aberta ao público a zona da Mata do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra. Há largos anos atrás, assisti nessa zona do Jardim a uma peça de teatro e fiquei fascinada com aquela parte, fechada ao público. Vi

Ler mais

por_do_sol

Têm as férias à porta, não vão para lado nenhum de jeito ou então vão só uma semana, mas não sabem o que fazer ao resto do tempo para entreter a canalhada sem gastar muito dinheiro? Fiz uma lista com

Ler mais

Lá vem esta outra vez falar de segurança automóvel e do transporte das crianças, pensam vocês. Lá venho eu falar de viagens de carro com crianças, penso eu. Lá vem esta massacrar-nos outra vez a cabeça com a falta de

Ler mais

Pensei várias vezes qual a melhor forma de abordar este assunto. Queria escrever sobre as vantagens de educar os filhos ao ar livre, recordei vários momentos em que o ar livre, a rua e a Natureza estiveram em conjunto com

Ler mais

Primeiro preciso dizer que sou um naba em termos de manualidades e nunca, nunca, tive jeitinho nenhum para artes. No entanto, sou um consumidora activa (não tanto como já fui) e fanática de arte: teatro, cinema, pintura, fotografia, música, design,

Ler mais

Andava há uns meses a pensar que um dia podíamos ir ao Jardim Zoológico de Lisboa. Lancei-me no site e fiquei com os nervos em franja quando fiz contas ao que ia pagar em bilhetes!!! Isto de ter um amontoado

Ler mais

…experimentar e explorar. Tenho lido sobre o muito tempo que as crianças passam fechadas em casa agarradas aos tablets, televisão e consolas, e sobre o pouco tempo que passam na rua a brincar com os amigos, a explorar e a

Ler mais

Antes de ter um amontoado, nunca tinha ligado ao preço das entradas para ir a sítios e aos bilhetes para assistir a espectáculos e outras actividades. Quando me deparo com a parvoíce na política de preços da maioria dos sítios

Ler mais

Sabem aquela mania que as mães têm de conseguirem tudo? Pois, eu sou dessas, tenho a mania que consigo fazer tudo com a canalhada atrás. Tenho a mania que consigo, até há um ano e meio atrás, ir sozinha a

Ler mais

Não se fazem cinco anos todos os anos. Bem como não se fazem seis, ou sete, ou dez ou vinte. Festejar o aniversário das minhas meninas vai ser sempre especial e enquanto conseguir, vou tentar que seja sempre ao ar

Ler mais

%d bloggers like this: