1. Qualquer dia saio porta fora e vou à minha vida e depois quero ver como é que se arranjam.
  2. Se acordam o mano, ficam vocês a tomar conta dele.
  3. Já te disse várias vezes para não limpares o nariz à manga do casaco.
  4. Tu (o pai) não ajudas nada.
  5. Senta-te bem, vira-te para a frente, pára quieta, limpa o queixo, come com a boca fechada, não fales com a boca cheia, mastiga bem.
  6. Será possível que não consegues estar cinco minutos parada, sem estar a cantar o Let it go, a fazer queixinhas da mana ou a miar?
  7. Que é isto aqui tudo espalhado no chão? Vá toca a arrumar, já sabes que só brincas com outra coisa quando arrumares a anterior.
  8. Eu só vou dizer isto uma vez, ouve bem.
  9. Não deites comida para o chão, sabes que há muitos meninos que não têm o que comer.
  10. Vou contar até três…um, dois, dois e meio, dois e setenta e cinco, dois e noventa, três.
  11. A próxima vez que encontrar uma caneta sem a tampa, vai para o lixo, ouviste? para o lixo.
  12. Não quero saber se as cuecas estão a entrar no rabito, se a costura da meia te está a magoar, se a manga ficou para trás, se as calças estão muito apertadas, agora não há tempo, vais assim e pronto.
  13. Não quero saber o que é que a mana te fez.
  14. Se fazes mais alguma birra, não vamos ao parque.
  15. Não, não compro nenhum bolo, tenho bolachas na carteira, tens fome, tivesses comido  pão na escola
  16. Achas que a mamã merece o que acabaste de fazer, achas?
  17. Porra, pá, acabei de pôr esta toalha limpa, tinhas que entornar o sumo todo agora, tinhas?
  18. Não te sujes ou então vais tu lavar a roupa.
  19. Pois, a mãe é que é a má, pois claro, eu também gostava de ficar aqui na brincadeira, mas depois deitas-te tarde e depois amanhã de manhã já estou a ver o filme para acordares, e eu é que te tenho que aturar com sono, a fazer birras, a não querer vestir, comer ou lavar a cara, e eu a chegar atrasada.
  20. Tens sono? Deita-te mais cedo e já não tens sono.