Dicas do cerejal

Liberte-se do ferro de engomar!

19 Outubro, 2018

Os vícios fazem, como toda a gente sabe, muito mal à saúde. E também toda a gente sabe, como é difícil uma pessoa libertar-se de um vício.

Ora, há um deles, que é aceite pela sociedade e que muitos e muitas, não reconhecem tratar-se sequer de um vício.

Passar a roupa toda a ferro é um vício!

Se é daquelas pessoas que passa tudo a ferro, desde cuecas a toalhas de banho, desde camisolas interiores a panos da loiça, então este artigo é para si, para se libertar do ferro de engomar e passar a ter qualidade de vida!

O segredo desta libertação está apenas na mentalização. Da mesmo forma que nos mentalizamos “eu vou ser capaz de tirar a carta e conduzir um carro sem atropelar ninguém”, podemos dizer para nós próprios “eu vou ser capaz de não ligar patavina a microvincos na roupa e assim como assim, só eu é que reparo nisso, as pessoas à minha volta querem lá saber se a roupa dos meus filhos ou a minha está engelhada, e se derem conta, olhá azar, é pró lado que durmo melhor”.

É um processo, longo e até algo angustiante, este da desintoxicação do ferro de engomar, mas deve pensar naquelas três horas semanais em que está ali a passar a ferro, quando podia estar a fazer mil e uma outras coisas, ou até nada, a brincar com os seus filhos, a namorar com o seu marido, a ver aquela série que toda a gente fala, a ler um livro, enfim, a ter tempo para si e não para uma convenção da sociedade, que tem tanto de absurdo.

Quase nada precisa efectivamente de ser passado a ferro. Nada!

As cuecas e os boxers NÃO PRECISAM de ser passados a ferro, aquilo é para andar o santo dia todo enxovalhado e encafuado, ali entre os refegos das pernas e uma parte íntima, nunca na vida se vai manter passadinho, por isso é a perda de tempo mais gritante de todó sempre.

Se usa o ferro de engomar para matar bichinhos, tenho uma novidade, sacudir bem a roupa antes de a dobrar e não deixar dias a fio a roupa no estendal, FAZ AS MESMAS VEZES. Esses “bichinhos” vão andar por aí durante o dia e, caso não saiba, há disso aos pontapés no ar, nos objectos onde tocamos, no nosso cabelo, em todo o lado, portanto, são inevitáveis. Vá, não vamos querer andar todos enfiados em bolhas, pois não?

Toalhas de banho, panos da loiça, toalhas de mesa, mesmo até lençóis dão uma trabalheira do caneco a passar, horas a fio e para quê? Só para ficar lindo, bonitinho, como se de uma conta de instagram escandinava fofinha se tratasse? Ok, a sensação de nos deitarmos numa cama com os lençóis impecavelmente esticados, é boa sim senhora. Mas precisamos mesmo de sentir isso todos os santos dias da nossa vida em casa? Não chega apenas daquela vez que dormimos num hotel? E os panos da loiça, para quê??? Aquilo é para usar, não é para mostrar. Nem falo das toalhas de banho, ai a sério, tempo tão inútil, esse que é gasto a passar turcos a ferro.

Passemos à parte prática da mentalização.

Passo 1 – só lavar roupa quando tem a certeza que a pode estender LOGO a seguir a acabar a lavagem.

Passo 2 – não atafulhar a máquina com roupa para a roupa ter espaço para “respirar”.

Passo 3 – abusar da força de braços e sacudir a roupa muito bem antes de estender.

Passo 4 – estender a roupa muito direitinha e pôr as molas em zonas cujas marcas não se notem.

Passo 5 – apanhar a roupa só quando a pode dobrar logo a seguir, para não ter a tentação de a amontoar num cesto, de preferência sem parecer um carapau seco ao sol por ter estado mais que um dia no estendal.

Passo 6 – dobrar logo a roupa, muito bem dobradinha e enfiar nas gavetas, seguindo aquele velho ditado “coração que não vê, coração que não sente” e ir distrair-se imediatamente a seguir com qualquer coisa, um copo de tinto, um gelado, aquela vontade inadiável de ir à casa-de-banho, enviar o e-mail que tinha prometido, para assim parar de pensar na roupa que não passou a ferro, depois de anos a fio a fazê-lo.

Passo 7 – no dia a seguir a ter conseguido arrumar tudo nos armários sem passar a ferro, sentir-se feliz, porque tem a roupa toda disponível para usar, pode escolher à vontade e não terá mais que ir passar aquela camisola a correr, porque está no monte da roupa para passar a ferro. Vai ver que se vai sentir lindamente!

Passo 8 – comemore com os amigos, diga “eu consegui!!!” muito alto e passe a sua experiência aos outros, pois não há nada melhor do que a partilha de boas sensações. Diga aos seus amigos frases motivadoras, tais como “eu era daquelas que até as cuecas passava e consegui!”

Passo 9 – aos poucos comece a arrojar e a encontrar outros truques, como estender as camisas logo em cabides que depois é só enfiar no roupeiro quando secas, fazer de conta que passa os lençóis da cama onde a sua mãe vai ficar a dormir, dando uma passadela por cima do lençol dobrado, não vá ela ter um colapso nervoso quando descobrir que na sua casa não se passa nada a ferro, como é possível.

Passo 10 – aproveite a vida, diga não às coisas inúteis que nos tiram tempo de qualidade em família e amigos, ninguém vai reparar, nem você, assim que se libertar do vício, até se vai rir do tempo que passava agarrada ao ferro. APROVEITE A VIDA, não a roupa passada a ferro!

 

(foto retirada da internet)

  • Responder
    eduardamaialopes
    15 Novembro, 2018 at 9:42

    Eu passei a ir à lavandaria secar a roupa e sai super direitinha. Gasto dinheiro sim, 3 euros por semana mas devo poupar mais de duas horas entre o estender, o apanhar e o ter que passar alguma coisa que fica sempre mais engelhado. Roupa de cama, casa de banho e cozinha seco no estendal mas tb não passo, o tempo não chega para tudo…

    • Responder
      mamã cereja
      15 Novembro, 2018 at 11:16

      pois não chega!!!

  • Responder
    Joana Félix
    10 Novembro, 2018 at 0:04

    Concordo com tudo! No entanto não consigo fazer isso nas camisas de homem e maioria das t-shirts. Podia acrescentar à lista: programar pouca centrífugação na máquina de lavar roupa (800-1000 max); e usar amaciador, acho que tbm ajuda! 😉

  • Responder
    Elsa
    20 Outubro, 2018 at 8:15

    Ai vou tentar

    • Responder
      mamã cereja
      15 Novembro, 2018 at 11:17

      Está a correr bem?

  • Responder
    Pada
    19 Outubro, 2018 at 18:01

    Era bom, mas eu sou tão desleixada que a minha roupa às vezes passa dois dias inteiros a secar, seca e resseca.
    PadaandLuda * Página * BlogLovin

    • Responder
      mamã cereja
      15 Novembro, 2018 at 11:17

      pois, assim torna-se difícil…mas compensa o esforço de mudar!

  • Responder
    Sandrine
    19 Outubro, 2018 at 16:32

    Libertei-me desse vício quando tive a mais velha há 8 anos e meio atrás…
    Reforcei a minha libertação quando as gémeas nasceram! Eu até as meias passava a ferro…não conseguia não as passar a ferro e todos gozavam comigo quando o comentava!
    Hoje em dia raramente passo a ferro…

    • Responder
      mamã cereja
      15 Novembro, 2018 at 11:18

      Fixe!

Comentar é aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Instagram

Seguir

%d bloggers like this: