Aqui há uns anos, ia ao hipermercados e comprava o que gostava. Tinha em conta as promoções, mas não ligava muito ao preço. Porque podia. Depois, aos poucos, fui experimentando algumas marcas brancas e ficava muitas vezes surpreendida. Entretanto, o orçamento familiar começou a encurtar e embarquei nesse maravilhoso mundo das marcas brancas. Eis as nossas escolhas:

  • Fraldas – com gémeas nem faço contas à quantidade de fraldas que já gastei. Experimentei todas as marcas, todas. As melhores são as bambo nature, sem qualquer dúvida!!!! (vendem-se na bybebe). Imbatíveis em absorção, em adaptação anatómica, são biodegradáveise e ficam ao mesmo preço que outras famosas. Depois, as dodot são boas sim senhora, mas sem ser em promoção não valem a pena, são excessivamente caras comparado com outras opções. Gosto das azuis e das roxas extra; as laranja são muito fracas. Mas as melhores fraldas são sem sombra de dúvida, também, as do pingo doce. Ajustam-se muito bem à perna, absorvem bem sem secar demasiado a pele e são super-baratas. E quando digo que estas são as melhores fraldas de marca branda, acreditem que experimentei mesmo todas de todos os hipermercados. É que já nem me tento com as promoções da dodot, porque ainda assim as do pingo doce ficam mais baratas e valem bem o dinheiro.
  • Toalhetes – os da aveeno, são muito bons, mas com um preço que valha-nos nossa senhora. Os melhores para mim são os da jackson reece sem cheiro, biodegradáveis, muito bons mesmo. Não gosto nada de usar toalhetes e fico passada com aqueles super húmidos, em que os do fim da embalagem parece que estão encharcados, horrível. Uso muito poucos toalhetes, mas neste momento escolho os do lidl toujours…ah, e querem saber um truque que aqui a mamã cereja usa: rasgo os toalhetes ao meio quando é só para limpar pouca coisa e assim, faço render o peixe que aquilo é caro como o caraças e eu tenho gémeas mais um!!! Acreditem que não se desfazem depois de rasgados ao meio, experimentem e digam de vossa justiça. (No hospital, quando o Joaquim esteve internado, as enfermeiras até ficavam de boca aberta quando eu lhes pedia para rasgarem o toalhete ao meio sempre que elas mudavam a fralda ao miúdo para eu descansar um pouco).
  • Leite dos Açores, manteiga, iogurtes – gosto dos do continente.
  • Creme de chocolate e avelã, ou seja, aquilo-parecido-com-a-nutella – comparem a composição, tem que ter 13% de avelãs ou então arriscam-se a comprar creme de chocolate apenas (a vez em que trouxe o do jumbo, a cerejinha L deu logo conta que não era a mesma coisa). As do pingo doce e continente são boas…mas se o original estiver em promoção, a marca branca não compensa.
  • Massas – as do pingo doce com o rótulo-preto, o esparguete então é muito semelhante ao barilla.
  • Detergente para a máquina da loiça – se for em pastilhas, aconselho as do lidl…em pó, não sei.
  • Papel higiénico – o que se aproxima mais àquele fofinho é o do lidl.
  • Bolachas – quase todas as do lidl.

Ainda não experimentei detergentes da roupa, gel de banho e champôs, e pasta de dentes de marca branca. Sugestões?

(dou conta, agora que o artigo está escrito, que os preferidos são o lidl e o pingo doce…e abriu agora um mais perto de casa)

 

(este artigo não é patrocinado, nada, é só uma opinião com base na evidência)