image

Ele há blogues que marcam, que gostamos de acompanhar, que acrescentam algo, que são simples. Ele há famílias que marcam, que são simples, que são reais e que, sem as conhecermos, temos a certeza que são gente boa. Ele há pessoas como a Vera, gentis e simpáticas, que partilham o dia-a-dia de uma mãe a tempo inteiro e de dois filhos doces, doces, com fotografias lindas e registo de actividades de escola em casa. Gosto muito do blogue Eu, ele, a maria e o miguel, muito mesmo (talvez o que mais gosto, às vezes mais que o meu).  E este foi o improviso da Vera:

claro Carla, deixa-me cá improvisar: sou de lisboa, tenho 33 anos, sou filha do meio. licenciei-me em jornalismo, trabalhei como empregada de mesa e agora sou dona de casa. mas ainda gostava de fazer muitas coisas. gostava muito de escrever um romance. tenho com o meu blogue uma relação estranha, às vezes gosto muito dele, às vezes nem por isso. comecei o blogue pelas mesmas razões que escrevi o anterior: porque gosto de escrever, para os outros e para mim. e principalmente porque queria ter tudo muito bem organizado para a maria e para o miguel e eu sou a pessoa mais desorganizada do mundo, o blogue ajuda-me a ter tudo por ordem. o blogue trouxe-me muitas coisas boas: companhia, auto-estima e sobretudo adoro o carinho com que as pessoas que nos seguem falam da maria e do miguel, é por isso que tenho o maior respeito por todos os que nos seguem e é por isso que gosto de partilhar com todos as coisas boas que encontro, por mais simples que sejam.

Não consigo escolher um artigo que mais gostei, pensei naquele em que a Maria ficou triste quando uma árvore caiu, ou quando deixou uma mensagem no parque para o amigo que não via há muito, ou aquele vídeo de 5 minutos que retrata um dia naquela família, mas escolhi o penúltimo:

uma viagem