Tenho que escrever alguma coisa para o aniversário do blog. Que noite, fogo, a Jú não parou de tossir, deixa cá ver se tem febre, onde é que raio está o termómetro, o Joaquim continua a dormir, ó pá, está a dormir desde as dez e meia e são oito da manhã, será que está bem? Parece que sim. Bem, vou fazer xixi. Ah, o termómetro..está aqui. 39. Pronto, esta não vai à escola. E a outra terá febre? Não, pronto esta vai à escola. Onde é que está o Paulo? Pronto, dormiu outra vez na sala, a que horas é que elas foram para a minha cama? Vou acordá-lo para levar a Laura à escola. Tenho que dar o ben-u-ron à Jú…7,5 ml e água…vou deixá-la dormir mais um bocado. Tenho que escrever alguma coisa que o blog faz um ano. Acho que vem aí uma. Filha, não andes descalça, vamos tirar a fralda e vestir o roupão. Vou ligar a tv e comer enquanto ela acorda a ver os desenhos animados. Tenho as mamas a explodir, ele havia de acordar pra esvaziar isto, mas primeiro vou comer. Acho que vem aí a outra. Então, já tiraste a fralda? Vá, vai ali para a sala que a mana já lá está. Olha, tu vais à escola que já estás boa. A Júlia fica porque ainda tem febre. Pronto filha, vá, não é preciso ficares assim, vá não chores, não vais então. Se calhar devia aproveitar agora para escrever alguma coisa que o blog faz um ano. Ah, o Joaquim está a chorar, até que enfim, já não aguento mais as mamas. O que vale é que o Paulo pode ficar em casa que isto hoje vai ser dose. A Jú já não tem febre, nem parece que está doente, não pára de saltar no sofá, se calhar aproveito e vou cortar-lhes o cabelo lá abaixo, vamos ao café e vemos se a Anabela pode cortar-lhes o cabelo hoje, vou vestir-lhes qualquer coisa, caraças, não se despacham e daqui a bocado é hora do Joaquim mamar outra vez e eu ainda não estou vestida, e estas gajas não se despacham, porra estou sempre aos berros, até que enfim, vou vestir-me num instante, olha o Joaquim adormeceu, sendo assim vamos só as três lá abaixo e o Paulo fica com o Joaquim, não devemos demorar. Bem, se ela pode agora vou aproveitar, o Joaquim ficou a dormir, deve dar tempo, o que vale é que elas se portam bem e eu aproveito para tagarelar um bocado com a Anabela, ó pá que tranças tão giras, eu sou mesmo naba, parece tão fácil, vá vamos para cima. Ainda não escrevi nada para o blog que faz um ano hoje. Que silêncio, ainda está a dormir. Vou dar-lhes o ipad para verem os vídeos no youtube e vou pôr roupa a lavar. O Joaquim acordou, vou dar-lhe mama e se calhar consigo escrever alguma coisa para o blog que faz um ano. Afinal não, que elas não largam o ipad, olha vejo televisão, ainda não consegui saber quem é que saíu do achas que sabes dançar, o Paulo está a fazer o almoço, pode ser que hoje consiga almoçar ao mesmo tempo que eles, mas este miúdo não se despacha. Vou tentar não me meter e deixá-los almoçar em paz, mas elas estão tão esquisitas, não quero isto, não quero aquilo, tem coisinhas pretas, não gosto, quero águaaaa, pronto não aguento, ó pá, não sejam chatas se faz favor e respeitem o papá que está a tentar comer, esperam um bocado. Pronto, cá está o Joaquim a fazer um dos seus cocós até ao pescoço, vá, faz lá tudo filho, já está? Já só tenho um resguardo? A ver se o consigo salvar e não fica cheio de cócó, ah, estás todo bem disposto, estou farta destes cócós estás a ouvir? Vou ver se o Paulo já acabou para lhe passar o garoto e meter a roupa de molho. Finalmente consigo almoçar, está tudo frio, chiça, vou aquecer isto, meninas ainda não comeram fruta, pêra não há, banana só há uma, comem metade? Hoje era bom que dormissem a sesta porque dormiram tão mal e eu também estou a precisar de descanso, olha a Jú adormeceu, vou tentar que o Joaquim adormeça lá no quarto, vá lá filho, dorme só um bocadinho, faz-te bem e a mim também, ah finalmente…vem aí a Laura, sim podes usar as minhas pinturas para a Dora, mas não faças barulho por amor da santinha, deixa-me aqui arrumar esta roupa que já ninguém se consegue mexer aqui, o Joaquim acordou, anda Laura vamos para a sala, ficas a ver os vídeos que eu vou dar mama ao mano, uhm, ela já está com olhos de sono, deixa-me cá deitá-la, pronto adormeceu. Agora é que vou conseguir escrever alguma coisa para o blog que faz anos hoje. Bateram à porta? Deixa cá ir ver, é a vizinha mais a filhota, oh, olá, sim este é o Joaquim, estava a mamar e vocês estão boas? Oh, obrigada não era preciso, ok está bem, quando quiseres trazer então a roupa para as meninas, eu estou sempre em casa, obrigada. Continuam a dormir e o pai também, vou voltar a dar de mamar ao Joaquim, ó garoto chiça pára de fazer isso à mamã, tou farta, vou fazer-te o biberão, a Júlia acordou, tem fome de certeza, será que quer um iogurte dos nossos com cereais dos meus, vá Joaquim não faças outro cócó…tarde demais, Jú vem comigo e não acordes a mana por favor, vá lá desta vez não foi até ao pescoço, filho agora vais para a espreguiçadeira que tenho mais que fazer, a ver se ela come alguma coisa que não comeu nada ao almoço, terá febre? Sim, 39 outra vez, caneco, toma lá o xarope, não havia cá outro frasco de ben-u-ron? será que há frascos maiores? Isto com 3 filhos não chega para nada, pá. Será que depois dela comer vou conseguir escrever alguma coisinha para o blog que faz um ano, se calhar uma frase qualquer no facebook…uhm, a Jú já está com o ipad outra vez. Estou à rasquinha para fazer xixi, ele está calado, ela está entretida e a outra a dormir, vou à casa-de-banho, hoje ainda não brinquei nada com elas e já são quase horas de jantar, vou vestir o pijama ao garoto e aproveito e visto-as também, esta Laura nunca sabe o que quer comer quando acorda, este Joaquim está cheio de sono, vou ver se ele adormece ao colo, adormeceu, vou deitá-lo, elas lá dentro estão entretidas, o Paulo está a fazer o jantar, vou passar a ferro a roupa para devolver e meter em sacos para levar amanhã, combino com toda a gente ao mesmo tempo no mesmo sítio e assim entrego tudo amanhã, lá estão elas a chatear o pai na cozinha, oooops, ele acordou, olha filho já só falta esta camisola, isto chama-se passar a ferro, espera um pouco, já vais à mama. Acho que vou outra vez comer tudo frio. Ah finalmente um bocado de sossego, eu a comer e eles os 4 ali a brincarem, a Jú parece estar melhor, amanhã já vão à escola, vou meter a loiça na cozinha e amanhã lavo isso. Hoje é o Paulo a deitar o garoto, estas garotas não param de fazer queixinhas, já chega. Pronto, já beberam o leite, estão a ver o shin chan ou lá o que é aquilo, afinal não, estão mas é a saltar no sofá, lá vou eu ter que me chatear, ver febres, tudo ok, ainda bem, meninas toca a andar, lavar dentinhos, meter fralda, que história querem, uhm, essa é tão chata mas tá bem, calem-se por favor ou não conto a história, sim faço festinhas na barriga, sim já vou para o teu lado, sim já digo ao pai para cá vir dar um beijinho, vou apagar a luz, que história tão sem jeito, elas não estão nada com ar de quem tem sono e eu estou a cair para o lado, ainda queria escrever alguma coisa no blog que faz hoje um ano. O quê, não queres mais história? Tá bem, eu deito-me aí um bocado contigo, adoro-te Laurinha, posso ir para a Júlia, beijinho, dorme filha, adoro-te Julinha, amanhã já estás boa, descansa filha. Já devem se quase onze horas…sim, vou perguntar ao pai se pode ser e se o mano já está a dormir, elas querem vir para a nossa cama, pode ser? Vá, venham lá, mas não façam barulho, se acordam o mano ficam vocês a tomar conta dele, lá estou a dizer coisas sem sentido nenhum, elas ficavam com o pai na cama e eu ia escrever no blog para assinalar o primeiro ano, tá bem filha, eu deito-me aqui, vá, não façam barulho, até amanhã….zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

DSC_0023