Posts by Author: 269 posts by mamã cereja

É uma condição física e mental que pode aparecer e persistir em várias fases da vida dos filhos. Aos 3 anos quando acabam a creche. Aos 6 quando finalizam o percurso pré-escolar. Aos 10 anos quando acabam o primeiro ciclo.

Ler mais

Da idade dos porquês L – Porque é que os cães estão sempre a abanar a cauda?   Google!!!!!!!!!!!!!! J – Porque estás sempre com sono quando nos deitas?   É da idade! Da morte e outros mistérios Vimos o

Ler mais

Cheguei à conclusão que não fui feita para isto. Deixei passar em branco todas aquelas datas festivas que uma pessoa que tem um blog nunca devia menosprezar. Ele foi o dia do pai, o início da primavera, a Páscoa, o

Ler mais

Pessoas que trabalham de bata e vão com a mesma bata tomar café ou almoçar no refeitório. Rolos de papel higiénico que não se conseguem abrir facilmente. A rapidez com que desaparece um cacho de bananas em minha casa. Ter

Ler mais

Há tempos, alguém me perguntava a opinião sobre o JI das cerejinhas. Entre várias (muitas) coisas que abordei e elogiei, a importância dada à autonomia das crianças, principalmente na hora da refeição, foi uma delas. Foi lá que elas aprenderam

Ler mais

Não sei bem descrever por palavras o que quer dizer ter uma filha sensível. Ela é muito mais intuitiva que eu e ligada às coisas e pessoas. É muito menos despachada que a irmã, mas é muito mais atenta. Ter

Ler mais

Quando os nossos filhos nascem temos logo dois números para decorar. O peso e o comprimento. Toda a gente nos pergunta com que peso nasceram e quanto mediam. Respondemos e depois essas pessoas dizem o peso e o comprimento dos

Ler mais

Num grupo de mães, alguém se abespinhou com um comentário meu. Talvez com alguma razão, porque eu fui fazer um comentário quando o que a pessoa pediu foram ideias. Talvez a pessoa tenha percebido mal o meu comentário, às vezes

Ler mais

É uma palavra que uso com alguma frequência para classificar uma das minhas filhas.  Diz que é rapariga travessa, tagarela, irrequieta, espevitada, metediça… Exemplos:   L – O que está escrito nestas cuecas? Eu – O meu coração está cheio

Ler mais

…e eu fiz de conta que não a ouvi. A casa atirava-me à cara que já era o terceiro dia de um fim-de-semana prolongado e eu sem lhe ligar nenhuma. Tentava convencer-me com pó nos móveis, pêlos da cadela nos

Ler mais

%d bloggers like this: