Dicas do cerejal Sobre nada

Dicas do cerejal – jogos de tabuleiro

24 Novembro, 2020

Desde que me lembro que gosto de jogos. Tenho memórias brutais de jogos que tive e do que me diverti com eles.

O Pai Natal traz sempre, pelo menos, um jogo para o cerejal.

Vai daí, a pedido de umajamigas, e a tempo do Natal e da black-coiso, cá vai a minha sugestão de jogos de tabuleiro (e outros) para se divertirem em família. Aproveitem! São momentos de crescimento e diversão para a miudagem, de relaxamento para os adultos e uma oportunidade para largar ecrãs.

A maior parte destes jogos há à venda naquela loja gigante começada em F e acabada em C e que no meio tem as letras NA, onde comprei a maior parte, mas alguns optei por comprar no Jardim Didático, em Coimbra.

  • IQ FIT – um jogo que desafia a inteligência e tem vários níveis. É viciante!
  • QUEM É QUEM – na imagem está a versão dos anos 80 que era mais gira, ou então sou eu que sou nostálgica;
  • BLOKUS – descoberto a semana passada na Ludoteca, um jogo viciante de estratégia e inteligência. E não, não tem nada a ver com o Tetris.
  • COPOS DE ENCAIXE – este brinquedo foi oferecido às cerejinhas ainda antes de fazerem 1 ano e ainda hoje é usado para as mais variadíssimas funções. Este é da Miniland.
  • TRIVIAL PURSUIT edição família – uma forma de aprender e ganhar cultura geral.
  • O JOGO DA VIDA – este está na lista para este ano. Diz quem o tem que é muito divertido.
  • UNO – vou confessar: eu não sei jogar ao UNO, mas as miúdas jogam e gostam muito e é muito portátil!
  • O HOMEM QUE MORDEU O CÃO + O PETIZ QUE MORDEU O CÃO – super curiosa com este jogo e com a extensão para crianças. Acho que vai ser um fartote. Na lista para o Natal deste ano também.
  • STRAWS ANDA CONNECTORS – este não é bem bem um jogo, mas eu considero que sim, porque com aqueles pauzinhos e ligações constrói-se o que se quiser. Aconselho a caixa maior.
  • CLUEDO – com dúvidas se o de adulto ou o júnior; nunca joguei, mas tenho curiosidade.
  • PARTY & CO – este conjuga vários jogos, é mais giro quando se joga com mais gente, acho que vale a pena.
  • PAGA E CALA – o tal jogo das memórias de infância, tenho ideia que era muito divertido e eu passava tardes a jogar com os meus primos. Na lista para este ano também.
  • TRAGABOLAS – um jogo básico, muito básico, mas que funciona muito bem (faz um bocado de barulho, eheheh)

E por aí, quais são as vossas sugestões?

(é verdade, eu não gosto do monopólio…dá-me seca andar a comprar ruas e casas…ai, não!)

    Comentar é aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    %d