…e muito se brinca no cerejal.

Tinha muito sobre que falar, mas fica para semana. Diz que vai chover, que a temperatura vai baixar, que há procissões e outras festividades, que é tempo de amêndoas e comezainas.

Apresento-vos o Chico e a Raquel, os Nenuco My Little Twins das cerejinhas. Foram elas que lhes puseram o nome; aliás, toda a bonecada e animalagem lá de casa, tem nomes. Comecei eu a ser a madrinha, agora são elas que dizem como se chamam. Por exemplo, a tia Alice das cerejinhas enviou uma prendinha por correio (obrigadaaaaaaaa!), dois coelhos da Páscoa, recheados com ovinhos dos bons. Pergunto eu: então e como é que se vão chamar? Não sei, dizem elas em uníssono. Lembrei-me de coelhos famosos: o coelhinho Harry, o Bugs Bunny, outros assim para o dasapropriados para a idade, outros que nos tornam a vida difícil, e por fim, o Tambor , o coelho do Bambi.

E disse-lhes: olhem, um podia chamar-se tambor. E o outro?

Cerejinha J – Bombo.

E assim ficou, é o Bombo.

Então temos o Bombo e o Tambor, disse eu.

Cerejinha L – Não. Não é Tambor. É Bateria.

Muito mais espertas e sábias que a mãe. Se um é bombo, o outro é bateria, é óbvio.

Voltando ao Chico e à Raquel. Uns meses depois, descobriram as canetas BIC e eu juro que não ando a ver, à frente delas, aqueles programas sobre tatuadores e lojas de tatuagens em Miami e Las Vegas e mais não sei o quê. Eis o resultado.

 

DSC_0246

 

Para além das canetas, o Chico e a Raquel também são vítimas dos pincéis dos olhos do estojo de pinturas da Barbie que a minha amiga Paula lhes ofereceu (criaste uns montros, cachopa).

 

Notas:

  1. Quando é o pai cerejo a tirar as fotos e a editá-las, este blog fica com um ar muito mais profissional e jeitoso.
  2. Mais um look com roupa usada: pijama da kitty by C, leggings das Winx by R, casaco de malha azul escuro by netas do F, chinelos da Dora by M
  3. Adoro aquela almofada…é da Casa, tenho duas, nananana!
  4. Aproveitem estes dias e façam coisas fofinhas. Eu vou tentar berrar menos!