Já ouvi que coragem, oh também gostava, bem-vinda ao grupo, parabéns, que felicidade, xii agora é que vai ser tanto trabalho, elas vão delirar, agora só com um vai ser canja, vindo de quem já sabe que as cerejinhas vão ter um mano ou uma mana.

E pronto, a novidade bombástica está lançada!

A partir de hoje, as duas únicas pessoas que ainda não sabem serão as minhas meninas.
É muito tempo de espera e ainda há muito exame para fazer (há lá o raio de um valor alterado, o ductus venoso, que não me deixa aproveitar a gravidez a 100% e pelo qual não posso fazer nada a não ser esperar pelos exames e resultados…humpffff).

Por isso, peço a quem as conhece, que não lhes digam nada. Assim que lhes contar e que consiga tranquilizar este coração, venho cá dizer-vos.

(pensei em não divulgar aqui no blog o que se passa comigo, mas a bem dizer que não consigo ficar calada. Sou uma desbocada e também acho que quanto mais gente estiver a torcer pelo feijão, melhor!)

As cerejinhas serão sempre as cerejinhas. Mais lá para a frente vou precisar da vossa ajuda para atribuir um fruto ao rebento, um assim que vá bem com o cerejal