Sobre nada

11 coisas que me fazem espécie #1

20 Setembro, 2016
  1. estar no wc do trabalho, entrar alguém para usar o outro cubículo, ouvir os sons todos, a outra pessoa ouvir os teus sons e teres que aguentar mais um bocado a olhar para o ar só para não saber quem foi…e essa pessoa não saber que eras tu
  2. pessoas que estacionam em cima da passadeira em frente a uma escola
  3. ouvir alguém começar uma frase com a expressão “é assim:”
  4. ver um taxista muito indignado e mal-disposto com os turistas espanhóis que chamaram um táxi para a frente da faculdade de medicina e que estavam do outro lado da rua, a 50 m, à espera, à sombra e não em frente ao sítio que disseram que estavam, de onde demoraram 2 segundos a aparecer.
  5. pessoas que se indignam com um risco praticamente invisível na porta do carro e não se indignam com a chacina na Síria, o preço do gasóleo, o iva da luz e do gás, o lobby dos manuais escolares ou um cherne presidente não-executivo
  6. cafés onde se cobra mais 10 cêntimos por prensar um croissant, quando a tostadeira está ligada a manhã toda
  7. restaurantes que cobram por uma colher de sobremesa extra para castigar a malta que partilha uma moussezita
  8. parques infantis vandalizados por gente que decerto não são os utilizadores primordiais
  9. gente que atira tudo e mais alguma coisa da janela do carro fora
  10. ver fazer o gesto das aspas
  11. a minha filha desenhar um fantasma ao meu lado, por duas vezes
  • Responder
    Luísa
    22 Setembro, 2016 at 15:01

    Fazem-me espécie as pessoas que mandam os maridos “guardar a vez” na fila do supermercado com um pacote de bolachas e depois aparecem a dizer com licença com um carro cheio até às orelhas.

    Fazem-me espécie os maridos que “guardam a vez” com um pacote de bolachas (ou com outra coisa qualquer).

    • Responder
      mamã cereja
      23 Setembro, 2016 at 16:42

      Ahaha…isso acontece? É cá uma lata!

  • Responder
    Sandrine
    21 Setembro, 2016 at 9:43

    🙂 Post engraçado!
    Ajo da mesma maneira que o ponto 1 🙂
    Irrita-me profundamente o ponto 2 e 9.
    Não sabia que os restaurantes faziam o mencionado em 7!
    Mas porque razão a tua filha desenhou um fantasma ao teu lado? Ela em algum sexto sentido?

    • Responder
      mamã cereja
      23 Setembro, 2016 at 16:40

      Diz que é um fantasma, mas quando lhe pergunto porquê ela não responde, fica envergonhada. Tentei não valorizar, porque fiquei com um bocado de medo da resposta, confesso. Tentei perceber se ela tem algum amigo imaginário, mas acho que não, nem fala com pessoas imaginárias que possa ver, sei lá. Mas que ela tem um sentido especial para entender as emoções das pessoas, lá isso tem e é muito sensível.

  • Responder
    Carla Marques
    20 Setembro, 2016 at 22:19

    O ponto 9 faz-me uma confusão enorme. O 11 fez-me rir imenso. 😛 Sério?!

    • Responder
      mamã cereja
      20 Setembro, 2016 at 23:53

      Yap 🙂

Comentar é aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Instagram

Seguir

%d bloggers like this: