1. estar no wc do trabalho, entrar alguém para usar o outro cubículo, ouvir os sons todos, a outra pessoa ouvir os teus sons e teres que aguentar mais um bocado a olhar para o ar só para não saber quem foi…e essa pessoa não saber que eras tu
  2. pessoas que estacionam em cima da passadeira em frente a uma escola
  3. ouvir alguém começar uma frase com a expressão “é assim:”
  4. ver um taxista muito indignado e mal-disposto com os turistas espanhóis que chamaram um táxi para a frente da faculdade de medicina e que estavam do outro lado da rua, a 50 m, à espera, à sombra e não em frente ao sítio que disseram que estavam, de onde demoraram 2 segundos a aparecer.
  5. pessoas que se indignam com um risco praticamente invisível na porta do carro e não se indignam com a chacina na Síria, o preço do gasóleo, o iva da luz e do gás, o lobby dos manuais escolares ou um cherne presidente não-executivo
  6. cafés onde se cobra mais 10 cêntimos por prensar um croissant, quando a tostadeira está ligada a manhã toda
  7. restaurantes que cobram por uma colher de sobremesa extra para castigar a malta que partilha uma moussezita
  8. parques infantis vandalizados por gente que decerto não são os utilizadores primordiais
  9. gente que atira tudo e mais alguma coisa da janela do carro fora
  10. ver fazer o gesto das aspas
  11. a minha filha desenhar um fantasma ao meu lado, por duas vezes