A Patrícia das Crónicas da Maternidade lançou-me o desafio de participar na TAG: Conhecendo novos blogs! respondendo a 10 perguntas e fazendo outras 10 (iguais ou diferentes) a outros bloggers escolhidos por mim. Já agora, adorei a resposta dela à pergunta número 9. E obrigada 🙂

1º – responder às perguntas fixes da Patrícia

  1. Qual o “porquê” do teu blog?

Sempre segui blogs e achava uma forma de comunicação extraordinária.  Na altura, as cerejinhas tinham quase três anos, estavam no auge da aquisição da linguagem. Eu ia partilhando coisas e cenas que elas diziam e faziam, e muita gente me dizia “porque é que não fazes um blog?”. E eu respondia que as pessoas achavam piada ao que escrevia, apenas porque me conheciam e às cerejinhas. Mas num mês em que dei conta que não conseguia registar o que elas ia dizendo, que nunca tinha papel e caneta à mão, resolvi criar o blog para ficar como registo do crescimento das meninas (e agora do mano…e da cadelita…) e também para poder partilhar vivências desta aventura louca de ser mãe de gémeas.

  1. Qual a maior revelação que o teu blog te fez?

Que há muitas pessoas anónimas que vêm por bem e que gostam de ler e partilhar elas próprias as suas experiências, que o humor é a melhor ferramenta para a vida:)

  1. O que fazes para trazer novos conteúdos para o blog?

Nada de especial. Escrevo à noite, quando a malta está a dormir. Muitas vezes penso que o que sai não tem interesse nenhum; outras vezes, tento trazer alguma coisa de útil, nem que sejam observações parvas do dia-a-dia de uma mãe. Tenho uma rubrica que está um bocado parada, de entrevistas a gente que conheço, porque afinal todos nós temos amigos com histórias de vida fabulosas e nessas entrevistas, tento trazer histórias de vida positivas, com um final feliz.

  1. Gostas mais de escrever ou de ser lida?

Gosto muito de escrever. Gosto de ser lida. Gosto que comentem, muito.

  1. O que gostavas mesmo de responder a um comentário desagradável?

Boa pergunta! Talvez nunca tenha tido um comentário mesmo desagradável…afinal o poder está do meu lado, eheheh, eu é que decido o que se publica ou não.

  1. Qual foi a maior surpresa (boa ou má) que a vida adulta te trouxe?

A maior supresa má foi a perda do meu pai. A boa foi, sem dúvida, conseguir amar tanto desde que sou mãe.

  1. Qual a tua maior paixão na vida?

O café! Pronto, vá, as cerejas. Agora a sério, gostava de dizer eu própria, mas são mesmo os meus filhos.

  1. Qual o hábito diário do qual não prescindes?

O café! E agora é mesmo verdade.

  1. Se pudesses mudar algo no mundo o que seria?

Ena, nunca respondi a uma pergunta-estilo-miss-universo…ora bem, criava uma vacina anti-mau-humor!

  1. Se pudesses viajar no tempo, escolhias ir para o passado ou para o futuro? porque?

Já fui pessoa do passado, nostálgica, de passar horas a ver albúns de fotografias. E ainda faço isso, imensas vezes. Mas também não tenho grande interesse para saber como será o futuro. Gosto do presente, assim, como está, como o vivo todos os dias.

2º – deixar as 10 perguntas para os outros blogs responderem

  1. Qual o “porquê” do teu blog?
  2. Qual a maior revelação que o teu blog te fez?
  3. Como e quando escreves para o blog?
  4. O que gostavas de ser quando fosses grande?
  5. O que gostavas mesmo de responder a um comentário desagradável?
  6. Qual foi a maior surpresa (boa ou má) que a vida adulta te trouxe?
  7. O que trazes na carteira?
  8. Qual o hábito diário do qual não prescindes?
  9. Se pudesses mudar algo no mundo o que seria?
  10. A tua vida dava um filme. Qual?

3º – Escolher 3 a 10 bloggers para entrarem na onda

A Cláudia do True Colors

A Miriam do Menina Mundo

A Maria do Seis mais dois

A Débora do Nós e as Marias

A Rita do Memórias da M

A Mara do T2 para 4

A Vanessa das Crónicas de uma Grávida Acamada

A Sofia do Café, Canela e Chocolate

O Guilherme do Por falar noutra coisa

A Rosa dA Ervilha Cor de Rosa