Tantas vezes me dizem “como é que consegues?” que quase me convenço que consigo mesmo. Tantas vezes me fazem sentir uma super-mulher que consegue tudo e mais umas botas com três filhos atrás que quase me convenço que consigo mesmo.

Ler mais

Há tempos, alguém me perguntava a opinião sobre o JI das cerejinhas. Entre várias (muitas) coisas que abordei e elogiei, a importância dada à autonomia das crianças, principalmente na hora da refeição, foi uma delas. Foi lá que elas aprenderam

Ler mais

Não sei bem descrever por palavras o que quer dizer ter uma filha sensível. Ela é muito mais intuitiva que eu e ligada às coisas e pessoas. É muito menos despachada que a irmã, mas é muito mais atenta. Ter

Ler mais

Quando os nossos filhos nascem temos logo dois números para decorar. O peso e o comprimento. Toda a gente nos pergunta com que peso nasceram e quanto mediam. Respondemos e depois essas pessoas dizem o peso e o comprimento dos

Ler mais

Num grupo de mães, alguém se abespinhou com um comentário meu. Talvez com alguma razão, porque eu fui fazer um comentário quando o que a pessoa pediu foram ideias. Talvez a pessoa tenha percebido mal o meu comentário, às vezes

Ler mais

É uma palavra que uso com alguma frequência para classificar uma das minhas filhas.  Diz que é rapariga travessa, tagarela, irrequieta, espevitada, metediça… Exemplos:   L – O que está escrito nestas cuecas? Eu – O meu coração está cheio

Ler mais

…e eu fiz de conta que não a ouvi. A casa atirava-me à cara que já era o terceiro dia de um fim-de-semana prolongado e eu sem lhe ligar nenhuma. Tentava convencer-me com pó nos móveis, pêlos da cadela nos

Ler mais

Pensei várias vezes qual a melhor forma de abordar este assunto. Queria escrever sobre as vantagens de educar os filhos ao ar livre, recordei vários momentos em que o ar livre, a rua e a Natureza estiveram em conjunto com

Ler mais

Já tinha olhado várias vezes para as caixas de experiências da Science4you. A cerejinha L já me tinha pedido várias vezes como prenda os sabonetes, ou os batons ou os perfumes. Nunca cedi aos pedidos, porque tenho um bocado a

Ler mais

Acordar mais cedo para sair mais cedo, porque há sempre um cócó gigante mesmo antes de sair de casa, ou uma fila no trânsito, ou obras na estrada em plena luz do dia Levá-los para a cama deles depois de

Ler mais

Eu tenho uma cadela. Ela tem necessidades básicas. Ela faz xixi e faz cócó. Eu ando na rua. Eu ando nos passeios. Eu costumo olhar para o chão, mas também tenho que andar de cabeça levantada. Eu tenho filhos. Eles

Ler mais

Ver Mais
%d bloggers like this: